PREFEITURA DE DUQUE DE CAXIAS ADOTA MEDIDAS EMERGENCIAIS E PREVENTIVAS DE ENFRENTAMENTO AO NOVO CORONAVÍRUS



NOVA UNIDADE DE COLETA DE SANGUE DO HEMORIO EM DUQUE DE CAXIAS RECEBE DOADORES, DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA, NO HOSPITAL MUNICIPAL DR. MOACYR DO CARMO



Os doadores voluntários de sangue de toda a Baixada Fluminense dispõem agora dos serviços do posto de coleta avançado do Hemorio, instalado nas dependências do Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo. A unidade, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 14h, é a primeira unidade de coleta fora da capital fluminense com gestão do Hemorio. ...

Ver mais


DUQUE DE CAXIAS SEGUE COM VACINAÇÃO CONTRA A COVID (XBB), GRIPE, DENGUE E POLIO NAS UNIDADES DE SAÚDE DO MUNICÍPIO



A Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou os números do Dia D de vacinação contra a poliomielite, realizado no último sábado (08/06). Durante todo o dia, mais de 4 mil crianças - com menos de cinco anos - foram vacinadas nos quatro distritos. O Dia D serviu ainda para que a população atualizasse também a caderneta de vacinação, com acesso às vacinas de rotina, dengue, gripe e covid-19/XBB. ...

Ver mais


DUQUE DE CAXIAS COMEÇA A APLICAR VACINA ATUALIZADA CONTRA A COVID-19 (XBB)



A Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, começou, na última terça-feira (28), a imunização com a dose atualizada da vacina contra a Covid-19 XBB (Moderna). Inicialmente a vacina será aplicada em crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), todos os grupos prioritários e idosos. Devido ao número pequeno de doses recebidas, só estarão disponíveis no Centro Municipal de Saúde e nas seis Unidades Pré-Hospitalares da rede municipal. ...

Ver mais


DIA 29 DE ABRIL ACONTECE MAIS UM MUTIRÃO PARA DOAÇÃO DE SANGUE NO HOSPITAL MUNICIPAL DR. MOACYR DO CARMO



A Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, convida a todos os doadores voluntários a participar, na segunda-feira, 29 de abril, das 10h às 16h, de mais um mutirão para coleta de sangue no município. A ação, uma parceria entre o Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo (HMMRC) e o Hemorio, acontece uma vez por mês no auditório do Hospital, e é aberta a todos os voluntários aptos a doar. Através da campanha, o Hemorio tem arrecadado a média de 100 bolsas de sangue a cada ação realizada no município....

Ver mais


DIA 21 DE MARÇO TEM MUTIRÃO PARA DOAÇÃO DE SANGUE NO HOSPITAL MUNICIPAL DR. MOACYR DO CARMO



A Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde, convida a todos os doadores voluntários a participar, na próxima quinta-feira (21/03), de mais um mutirão para coleta de sangue no município. A ação é uma parceria entre o Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo (HMMRC) e o Hemorio. ...

Ver mais

O que é coronavírus? (COVID-19)


Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).


O que você precisa saber e fazer.


Como prevenir o contágio:

Cubra sempre a boca e o nariz para espirrar ou tossir.
Não compartilhe objetos pessoais.
Lave as mãos com água e sabão ou use álcool gel.
Evite ambientes com muita aglomeração.
Não toque nos olhos, nariz e boca com as mãos sujas.
Limpe objetos e superfícies tocados com frequência.



Como o coronavírus é transmitido?


As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo.

Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1 metro ) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

É importante observar que a disseminação de pessoa para pessoa pode ocorrer de forma continuada.

Apesar disso, a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

- Gotículas de saliva;

- Espirro;

- Tosse;

- Catarro;

- Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;

- Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.



Como prevenir o coronavírus?




- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

- Evitar contato próximo com pessoas doentes.

- Ficar em casa quando estiver doente.

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.


Como é feito o tratamento do coronavírus?


Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, por exemplo:


- Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).

- Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.

Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

Todos os pacientes que receberem alta durante os primeiros 07 dias do início do quadro (qualquer sintoma independente de febre), devem ser alertados para a possibilidade de piora tardia do quadro clínico e sinais de alerta de complicações como: aparecimento de febre (podendo haver casos iniciais sem febre), elevação ou reaparecimento de febre ou sinais respiratórios, taquicardia (aumento dos batimentos cardíacos), dor pleurítica (dor no peito), fadiga (cansaço) e dispnéia (falta de ar).

Se você viajou para a China nos últimos 14 dias e ficou doente com febre, tosse ou dificuldade de respirar, deve procurar atendimento médico imediatamente e informar detalhadamente o histórico de viagem recente e seus sintomas.


Como é feito o diagnóstico do coronavírus?


O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). É necessária a coleta de duas amostras na suspeita do coronavírus.

As duas amostras serão encaminhadas com urgência para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Uma das amostras será enviada ao Centro Nacional de Influenza (NIC) e outra amostra será enviada para análise de metagenômica.

Para confirmar a doença é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o RNA viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito.

Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

Os dados do Painel Covid serão atualizados semanalmente, sempre às segundas-feiras, com o total de casos e óbitos referente à Semana Epidemiológica anterior. A atualização semanal foi uma decisão da segunda reunião ordinária da Comissão Intergestores Tripartite.

Painel Coivd 03